Capa >> Games >> Crossover FAIL+ – Origens: James
Seja +1 e curta o NoReset no Google Plus!
james - capa

Crossover FAIL+ – Origens: James

Olá pessoas, fazia um bom tempo em que não postava coisas da Crossover FAIL+. Pois é, ter um compromisso em fazer mais páginas que o habitual é fogo.

Em um resumo, a Crossover FAIL+ conta a história do Ash “Marombado” Ketchum, que ao ter o programa Pokêmon descontinuado, para de tomar o medicamento S.A.D (Solução Anti-Degenerativa), que o mantinha jovem. Com isso, Ash sofreu um envelhecimento acelerado e voltou a ter a faixa de idade que teria naturalmente (por volta de 23-25 anos), porém com um corpo bem desenvolvido (devido ao crescimento acelerado dos músculos). E junto da Misty e de um treinador sem nome procuram saber o destino dos pokêmons confiscados pela produção do programa, se encontrando com pessoas de diferentes locais, jogos, desenhos. Começou com uma piada e agora virou coisa séria a história, hahaha.

E hoje conto a história do James, e os motivos dele ter ficado daquele jeito (vide o ultimo capitulo, “Home Run”).

Antes que digam que “é uma viagem foda”, a idéia é essa, hahaha. A idéia de incluir uma suposta filha do James com a Jessie veio do pensamento que todos deviam ter tido na época que o desenho passava: esses dois tem alguma coisa a mais. E a irmã do James não sei se existiu, eu criei ela para ter uma desculpa para criar a sobrinha longe desse mundo cheio de problemas com pokêmons. Tanto é que o nome Jane foi bem improvisado (todo mundo tem J nessa nhaca, hahahahah). E o “Eternal Boss” derivou do nome da mãe do Giovanni, que no desenho é identificada como “Madame Boss“, ou seja, foi outra brincadeira com nomes. Aliás ela existe mesmo, cliquem aqui e comprovem.

Enfim, aguardem a nova tirinha, e prometo ser mais rápido da próxima vez.

Curta o NoReset no Facebook!

Sobre Wesley Pires

Goiano com orgulho, nascido em 1988, pronto para mais. Comecei na geração 16 bits, porem minha vivência com jogos me fez admirar a geração 8 bits, me fazendo descobrir o quão bom são os chiptunes. Adoro vários estilos, mas não abro mão dos jogos onde podemos nos divertir juntos dos amigos, como os clássicos do Super Nintendo, e também não abro mão de um bom RPG, e nem de algum jogo da série Final Fantasy. Atualmente sou um amante inveterado de Game Music, e será comum em meus posts ver menções musicais, alem de gifs totalmente nonsense. Eu falei que sou responsável pelas tirinhas do site?! E-mail: wesley@noreset.net

Aproveite e leia também >>

Beer Drops 7

Beer Drops #7: Star Wars, Skyrim, Marvel Puzzle Quest e mais coisas

Sejam todos muito bem vindos a mais um Beer Drops! E no episódio de hoje, ...

%d blogueiros gostam disto: