Capa >> Arquivos de Tag: Brasil Game Show

Arquivos de Tag: Brasil Game Show

155

Faltam 30 dias para a décima edição da Brasil Game Show

Em 30 dias o Brasil será o ponto de encontro dos games na América Latina e oferecerá tudo aquilo que um fã de jogos eletrônicos mais quer: encontrar as maiores personalidades do universo gamer, conhecer os principais lançamentos das mais importantes marcas, assistir a campeonatos emocionantes de eSports e, claro, jogar. Tudo isso estará na décima e histórica edição da Brasil Game Show (BGS), que acontece de 11 a 15 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo, com atrações para deixar o público ansioso pela feira de games que será a maior e melhor de todos os tempos. Os visitantes da BGS já sabem que encontrarão mais de 250 marcas, convidados internacionais, jogos que sequer foram lançados e poderão ser testados, campeonatos eletrizantes entre times profissionais de esportes eletrônicos e uma área exclusiva de Meet & Greet para ver, pegar autógrafos e tirar fotos gratuitamente com personalidades do universo gamer. E ainda vem muita novidade por aí.

 

Grandes estrelas da indústria dos jogos eletrônicos estarão no Brasil

 

A BGS reunirá no Brasil alguns dos maiores nomes do mundo dos videogames e muitos deles estarão no país pela primeira vez. Verdadeiras lendas vivas dos jogos eletrônicos aterrissarão em São Paulo para participar de uma extensa lista de atividades, que inclui a apresentação de painéis sobre suas trajetórias profissionais, encontro com fãs em sessões de Meet & Greet onde posarão para fotos e darão autógrafos. Até agora estão confirmadas as presenças de:

 

·         Hideo Kojima, diretor e designer de games e criador da série Metal Gear e diretor-executivo da Kojima Productions;

·         Ed Boon, criador da série Mortal Kombat;

·         Nolan Bushnell, criador do Atari 2600;

·         David Crane, criador do game clássico Pitfall e cofundador da Activision; 

·         Hector Sanchez, produtor de jogos das séries Mortal Kombat e Injustice e que atualmente está na Annapurna Interactive, responsável pelos jogos recém-anunciados Ashen e The Artful Escape;

·         Stephen Bliss, que foi artista sênior da Rockstar entre 2001 e 2016 e é um dos responsáveis pela icônica identidade visual de GTA.

 

 

Os jogos mais aguardados

 

Como sempre acontece, muitos jogos serão lançados na BGS. A 30 dias da décima edição da feira, alguns dos títulos mais esperados do ano já foram confirmados para o evento. A Activision, que está de volta à Brasil Game Show, já revelou que os jogadores brasileiros terão a oportunidade de experimentar seus dois lançamentos: “Call of Duty: WWII” e “Destiny 2”. Já a Ubisoft trará os aguardados “Assassin’s Creed Origins” e “South Park: A Fenda que Abunda Força”, e a publicadora RedFox Games vai disponibilizar para os gamers brasileiros o MMORPG “Black Desert Online”.

Também já estão confirmados jogos como “GWENT: The Witcher Card Game”, do estúdio polonês CD Projekt Red, e “Summoners War”, da sul-coreana Com2Us, que este ano atingiu a marca de 80 milhões de downloads e é um dos games mais baixados na Apple Store e na Google Play.

 

O melhor do mercado brasileiro de games

 

Desde 2014, a Brasil Game Show tem um espaço exclusivo dedicado ao mercado brasileiro e aos desenvolvedores independentes, a Área Indie. O espaço, que começou com sete estandes, este ano terá mais de 100. Os diversos estúdios nacionais que estarão no evento apresentarão jogos dos mais variados temas, como esportes, aventura, luta, música, quiz, terror, educativos, lendas, batalhas e até transportes, que poderão ser jogados em várias plataformas. Entre os títulos de destaque, vale citar os premiados “Distortions”, da Among Giants e “No heroes here”, desenvolvido pela Mad Mimic Interactive. Os desenvolvedores independentes participarão de palestras abertas para os visitantes do evento e contarão um pouco sobre sua carreira e trajetória profissional.

 

Meet & Greet

 

Além dos convidados internacionais, outras celebridades do universo do entretenimento passarão pela BGS e os visitantes poderão aproveitar o evento para conhecê-los, tirar fotos e pegar autógrafos, sem custo adicional, tanto na área Meet & Greet Canon como nos estandes de expositores, em todos os dias da feira. Os interessados podem acompanhar as novidades pelo site: www.brasilgameshow.com.br/meet-greet/

 

Marcas já confirmadas na #BGS10

 

Serão mais de 250 marcas na décima edição da Brasil Game Show. Entre patrocinadores, expositores e parceiros, já foram reveladas as seguintes empresas:  Activision, Canon, Chance6,  CD Projekt Red,  Com2Us, Dazz Maxprint, Dell, DXRacer, Flux Game, Gigabyte, HyperX, Kocca, Nixton Piticas, Razer, RedFox, Saraiva, TNT Energy Drink, Ubisoft, Warner Bros. Games, 11 Bit Studios, ACE, Ambize Studio, Among Giants, Anguis Game Studio, Atitude Point, Behold Studios, Big Head Store, Canvas Games, Cat Nigiri, Cogumelo Corp, Copag, Cougar, Crazzy Arcade, Dark Paladin, Dreaminside Studio, ETS2 Rotas Brasil, FlipFlop Lab, Game Nacional, GAMEscola, Gamemax, GamersClub, Games X, Gartic, Geek 42, Geek Connection, Geek Tag, Gênio Quiz, Genos Studio, GPD GamePad Digital, Hexa Game Studio, Hermit Crab, Imgnation, Incomm, JokenPô, JZ Culture & Comm, Lady Snake Rock Wear, Loja Tip, McFly, Mad Mimic, MBR Editorial, Midas Club, Ninetales Studios,  Onanim Studio, Rixty, Online IPS (International Processing Solution), Palácio Geek, Pong, Pro Simuladores, Rockhead Games, RMAL, Seagate, ServerLoft, SheePixel, South Box Game Studio, Square12, StreamSoft Games, Sunrise, Thermaltake, The Suns Store, The Duel Brasil, Toys Collection, Vneta Studios, Void Studios, World of Collectibles e XFire Gamers.

 

 

Descontos em passagens e hotéis

 

            A BGS recebe visitantes de todo o Brasil. Para facilitar a vinda do público, dar mais conforto e segurança, o evento conta com parcerias com a LATAM, que dá descontos de até 25% em passagens aéreas, com a ClickBus, que oferece passagens rodoviárias 15% mais baratas, e com a Evnts, que tem opções de hospedagem a preços diferenciados durante os dias da feira. Para aproveitar os benefícios, os interessados devem acessar o site: www.brasilgameshow.com.br/transporte/  

 

Ingressos

Para conferir de perto todas as novidades da #BGS10, os interessados podem adquirir ingressos do sétimo lote até o dia 15/09 com desconto de até 12% pelo site oficial www.brasilgameshow.com.br. Dessa forma, os tickets para cada dia da BGS custam R$ 79,00 (meia-entrada) e o passaporte para os quatro dias do evento abertos ao público R$ 237,00 (meia-entrada), ou seja, com este pacote, um dia de evento sairá de graça para o visitante.

Têm direito ao benefício da meia-entrada aqueles que doarem 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento, estudantes, idosos, professores e pessoas com deficiência.

Para acompanhar de perto todas as novidades da #BGS10 e garantir os ingressos, acesse: www.brasilgameshow.com.br.

#BGS10: Riot Games leva UNILoL para Brasil Game Show e promove desafio universitário de League of Legends

10 edição será no Expo Center Norte (Foto: Cido Coelho/NoReset)

Disputa de LoL está confirmada para a Brasil Game Cup (BGC); competição será disputada por quatro times de universidades do Brasil e distribuirá R$ 10 mil entre os vencedores

São Paulo, 06 de setembro de 2017 – A Brasil Game Show (BGS) se aproxima e os anúncios não param. Agora, a BGS anuncia, ao mesmo tempo, a estreia do UNILoL na décima e histórica edição da feira, que acontecerá entre os dias 11 e 15 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo, e a realização do campeonato universitário de League of Legends (LoL) na Brasil Game Cup (BGC). Com mais de cem milhões de jogadores ativos por mês, LoL estará na tradicional competição de eSports da BGS com o Desafio UNILoL, primeiro torneio promovido pelo programa universitário, que premiará os vencedores com R$ 10 mil, sendo R$ 7 mil para o primeiro e R$3 mil para o segundo colocado.

Quatro times serão selecionados para participar do Desafio UNILoL, com base nos resultados dos torneios universitários realizados este ano no Brasil e mapeados pelo programa. As instituições classificadas serão divulgadas ainda em setembro. Todas as partidas do Desafio UNILoL acontecerão na quarta-feira, dia 11/10, e contarão com transmissão ao vivo nos canais oficiais da BGC no Twitch e YouTube.

“Estamos felizes em anunciar o Desafio UNILoL com equipes do cenário universitário que tiveram destaque em campeonatos realizados neste ano”, afirma Fabrício Santos, especialista em projetos na Riot Games no Brasil e responsável pelo UNILoL, programa universitário que apoia a criação de clubes de League of Legends dentro de instituições de ensino. “O nosso objetivo é criar um espaço permanente que conecte jogadores de LoL de uma mesma instituição, e levar as equipes para um desafio na BGS mostra para a comunidade a força do cenário universitário”, completa.

O UNILoL é um programa acadêmico, cujo objetivo é fomentar o desenvolvimento de ações sociais e competitivas no universo Buniversitário. Por meio de um portal, os estudantes cadastram clubes, que são organizados geograficamente, e têm acesso à dicas sobre como coordenar torneios e dar visibilidade às equipes.

“League of Legends é um grande título e é uma satisfação trazê-lo novamente para a BGS, especialmente nesta edição comemorativa. Além disso, é um prazer realizar na #BGS10 o primeiro desafio organizado pelo UNILoL no Brasil”, afirma Marcelo Tavares, fundador e CEO da Brasil Game Show.

Para conferir de perto as partidas das finais da Brasil Game Cup e todas as novidades da #BGS10, visitantes podem adquirir ingressos do sétimo lote com desconto de até 12% pelo site oficial www.brasilgameshow.com.br . Dessa forma, os tickets para cada dia da BGS custam R$ 79,00 (meia-entrada) e o passaporte para os quatro dias do evento abertos ao público R$ 237,00 (meia-entrada), ou seja, com este pacote, um dia de evento sairá de graça para o visitante.

Têm direito ao benefício da meia-entrada aqueles que doarem 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento, estudantes, idosos, professores e pessoas com deficiência.

Sobre a Riot Games
A Riot Games tem como objetivo ser a empresa de jogos mais focada no jogador do mundo. A empresa foi criada em 2006 por jogadores empreendedores, que acreditam que o desenvolvimento de jogos focado na comunidade pode ter resultados incríveis. Em 2009, a companhia lançou seu primeiro título, League of Legends, aclamado pela crítica e pela comunidade, com mais de 100 milhões de jogadores por mês. A empresa está sediada em Santa Monica, na Califórnia, além de possuir 23 escritórios ao redor do mundo.

Sobre a Brasil Game Show – realizada pela primeira vez em 2009 na capital carioca como Rio Game Show, a BGS está a caminho de sua décima edição. Em 2017, a maior feira de games da América Latina e o segundo maior evento do setor no mundo em área utilizada será realizada de 11 a 15 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo.

[Análise] Brasil Game Show cresceu e precisa de ajustes

A Brasil Game Show 2014 acabou. Desde que a feira começou a ser organizada em São Paulo, em 2012, o evento se consolidou como uma das maiores feiras de games do mundo e isso reforça como o mercado brasileiro do setor de jogos eletrônicos está aquecido e maduro. Tem público, demanda e muitas oportunidades para todas as partes.

Desde aquele que quer conhecer um jogo novo, como aquele profissional que está iniciando sua companhia de games, distribuidores, fanáticos por games, cosplayers que travestem personagens dos seus jogos favoritos. Aqui no NoReset pontuo algumas observações sobre a edição 2014 – a força da BGS, as filas os youtubers e os indies.

O ‘pavilhão de fila’ no Expo Center Norte foi usado para organizar a entrada dos visitantes. Fila era a coisa mais comum na BGS 2014. Os estandes gigantes ficaram pequenos e as estações de jogos não deram conta de tanta demanda. Como por exemplo, quem quisesse experimentar os óculus de realidade virtual em vários estandes que tinham o Oculus Rift ou jogar o Mortal Kombat X, no estande da Warner Games, o gamer esperou cerca de 5 horas para poder experimentar o jogo por alguns minutos.

2014-10-11 16.30.12

Uma boa parte de um pavilhão da Expo Center Norte foi separado para organização dos torneios da Brasil Game Cup, que foi mais uma das novidades da feira, com o campeonato de Dota, valendo taça e prêmio de 60 mil reais. No entanto, apesar da iniciativa bacana, a sensação é de que o BGC ficou isolado diante de tanta movimentação nos outros pavilhões das produtoras.

A força da BGS

2014-10-11 14.41.33
Os estandes da BGS estavam grandes, coloridos, robustos, todos com eventos programados e muitos jogos para serem testados e comprados. Os grandes players, as first parties estiveram presentes como a Sony e a Microsoft. A grande baixa foi a Nintendo que ainda aparentemente não se mostrou interessada no mercado brasileiro. Isso a parte, as grandes produtoras e desenvolvedoras como Konami, Capcom, Ubisoft, EA, Warner e Activision (sem a Blizzard) marcaram suas posições.

2014-10-11 16.44.03-1

Claro, sem contar que mesmo simples, a área Evolução do Videogame mostrou presença e os visitantes foram afoitos tirar fotos e chegaram até lá por curiosidade para conhecer como o videogame chegou aos patamares atuais. Lá ainda era possível jogar clássicos do Arcade, como a série The King of Fighters (SNK), Super Siderkicks 3 (SNK) e entre outros games que formam uma verdadeira viagem ao passado.

O evento tornou-se a referência no mercado latino-americano de games e principalmente para o mercado brasileiro. De cerca de 4 mil pessoas na primeira edição, ainda na então Rio Game Show, depois virando BGS, e saltando para 30 mil pessoas e chegando a São Paulo, contando com pelo menos 250 mil visitantes na edição deste ano, segundo as estimativas da organização do evento. Como todo grande evento, sempre ajustes serão feitos, mas a BGS sem dúvidas é uma grande vitrine do setor.

2014-10-11 16.48.28

Muitas filas e poucas estações de jogos

O ‘pavilhão de fila’ no Expo Center Norte foi usado para organizar a entrada dos visitantes. Fila era a coisa mais comum na BGS 2014. Os estandes gigantes ficaram pequenos e as estações de jogos não deram conta de tanta demanda. Como por exemplo, quem quisesse experimentar os óculus de realidade virtual em vários estandes que tinham o Oculus Rift ou jogar o Mortal Kombat X, no estande da Warner Games, o gamer esperou cerca de 5 horas para poder experimentar o jogo por alguns minutos.

2014-10-11 15.26.37

Uma boa parte de um pavilhão da Expo Center Norte foi separado para organização dos torneios da Brasil Game Cup, que foi mais uma das novidades da feira, com o campeonato de Dota, valendo taça e prêmio de 60 mil reais. No entanto, apesar da iniciativa bacana, a sensação é de que o BGC ficou isolado diante de tanta movimentação nos outros pavilhões das produtoras.

Youtubers causaram histeria e confusão na BGS

A feira recebe cada vez mais público, isso é muito bom. Mostra que a cultura dos games está presente no brasileiro, que gosta de videogame. Não há o que contestar. Porém, cabe ressaltar que a organização não contava com a forte presença dos youtubers e seus fãs que os acompanham na internet.

A organização pode pensar numa forma de trazer eles por alguns critérios – como engajamento e audiência. Ou até mesmo por meio de convites por meio dos expositores – entenda produtoras – para atrair mais publico. Mas, também é preciso apontar o abuso por parte destes youtubers, que não colaboraram com a organização, agiram de forma truculenta, infantil e irresponsável em alguns momentos, provocando pequenos tumultos, quase provocando grande tumulto num evento que já tinha muita gente.

O ápice da confusão foi um youtuber que agrediu um segurança dando um tapa na cara como se tivesse razão. Logo depois, ele foi expulso. A sala dedicada aos produtores de conteúdo web, como blogs, sites independentes e youtubers, foi vandalizada por alguns youtubers irresponsáveis. O local teve mesas e tomadas destruídas por alguns que estavam apenas brincando ao invés de acompanhar e cobrir a feira. A organização, com razão, lacrou a sala.

Indies marginalizados

2014-10-10 16.25.54

Já com os indies ficou uma frustração. Conversei com vários desenvolvedores que deram toda a atenção para mostrar o seu jogo, que não fica devendo em nada aos blockbusters da indústria de games.

Muitos desenvolvedores não tem uma estrutura adequada, com vários funcionários a disposição ou até mesmo um estúdio próprio. Tudo é feito a distância. A estrutura das empresas variou muito. Têm empresas indies compostas por 2 funcionários – onde um era o art designer e programador e o outro era o programador e comercial ao mesmo tempo – e tinham também alguns desenvolvedores com uma boa sobrevida, com quatro anos de atividade no mercado, mostrando que ainda há uma luz no fim do túnel.

2014-10-10 16.37.31

Mesmo assim, o que se pode perceber é que a organização poderia ter um cuidado a mais com os indies, que reclamaram do preço alto de uma pequena área do estande – um me disse que pagou até 4 mil reais pelo espaço médio de 2 metros quadrados – e da localização. Se sentiram marginalizados diante de gigantes como Microsoft, Sony, Konami, Ubisoft e Activision. Uma disputa desleal.

Eles apontaram que a feira ajuda na visibilidade. Os visitantes chegaram até eles, mas mesmo assim o visitante teria que se esforçar bem para achar a área dos indies. A organização poderia pensar numa forma de juntar os indies em um espaço para mostrar os produtos, reduzindo o valor ou até mesmo isentando os indies para que eles possam mostrar os trabalhos e ao mesmo tempo impulsionar o desenvolvimento deles, trazendo por consequência mais visitantes e investidores para a feira e para as empresas indies de jogos. Uma mão lava a outra.

brasilgameshow_

Entre os desenvolvedores indies, muitos afirmaram que seus colegas de outras empresas preferiram optar por outros eventos como o X5 Mega Arena, que aconteceu em setembro porque os indies não precisaram pagar para expor seus jogos. Foi importante a presença dos indies na BGS? Foi. Mas, agora é necessário repensar a acomodação deles para que todos os lados saiam ganhando – visitantes, desenvolvedores e organização.

Futuro

Agora o momento é balancear os vários pontos positivos e negativos que precisam ser aprimorados e melhorados, para fazer uma edição 2015 melhor do que está edição que já passou e ainda assim foi bem sucedida.

Caso a feira continue tomando grandes proporções de público, talvez a organização já tenha que começar a pensar no Centro de Convenções do Anhembi – o maior da cidade de São Paulo -, para ser a sede das futuras edições da BGS. Afinal, os videogames são uma paixão sem limites, não é mesmo?

Confira os destaques da Brasil Game Show 2014

A edição 2014 da Brasil Game Show, considerada uma das maiores feiras de games da América Latina, trará muitos lançamentos e novidades. O evento acontecerá entre os dias 8 e 12 de outubro, em São Paulo. Confira:

bgs97_feirabgswelcome

BRASIL GAME CUP – Um dos grandes destaques será a Brasil Game Cup (BGC), um grande Campeonato de DotA 2 que contará com a presença dos principais times do cenário nacional além de equipes internacionais, com uma premiação de R$ 60 mil. As equipes confirmadas são: Not Today (Peru), Union Gaming (Peru), Isurus Gaming (Argentina), paiN Gaming, The House is Down, Keyd Stars, CNB e INTZ E-SPORTS. São equipes com jogadores profissionais que encaram os games com seriedade e percorrem o mundo competindo. Eles ganham para jogar e treinam por até 10 horas por dia. A Equipe vencedora no torneio terá o seu nome gravado no Troféu Ralph Baer, homenagem ao criador do primeiro videogame da história.

PRODUTORES INTERNACIONAIS – A BGS contará com a presença de grandes personalidades do mundo dos games. Ed Boon, criador dafranquia de sucesso Mortal Kombat, um dos jogos de maior sucesso em todos os tempos, é um dos grandes destaques. Além dele, Chance Glasco, um dos idealizadores do premiado Call of Duty, e Tom Isacksen, designer de personagens da Ubisoft, são presenças já confirmadas. Confira aqui.

LANÇAMENTOS – Lançamentos são sempre aguardados na BGS! Para este ano, já estão confirmados alguns títulos como: Just Dance 2015 e Assassin’s Creed Unity, da Ubisoft, Resident Evil: Revelations 2, da Capcom, LEGO Batman e Dying Light, da Warner e, entre inúmeros outros títulos. Caso queira conhecer mais detalhes a respeito de cada um deles, acesse o link.

PLAYSTATION – O estande PlayStation®’s na Brasil Game Show oferecerá 64 estações de consoles da nova geração, além de 16 estaçõesde PlayStation® 3 e outras  16 de PlayStation® Vita. A lista de jogos inclui, entre outros, os jogos: The Evil Within, The Order 1886, Bloodbourne, Driveclub, Little Big Planet 3, Until Dawn e Destiny.

UBISOFT – A Ubisoft vem com tudo para a Brasil Game Show 2014. Pela primeira vez em estande próprio e com a maior metragem já ocupada pela empresa neste evento, 350m², a empresa promete agitar o público e levar para os fãs o  que tem de melhor. Além da presença deprodutores de Assassin’s Creed Unity, Assassin’s Creed Rogue, Far Cry 4 e The Crew, o estande terá áreas temáticas para os próximos lançamentos e o público poderá testar pela primeira vez no Brasil os jogos Far Cry 4, Just Dance 2015, The Crew e Assassin’s Creed Rogue. Assassin’s Creed Unity terá sessões de demonstração abertas feitas pelo lead game designer do jogo, Benjamin Cyrille Plich.

CAPCOM – A Capcom terá atividades incríveis no estande da WB Games. Os fãs brasileiros terão a oportunidade de jogar pela primeira vez Resident Evil Revelations 2, o jogo de horror mais aguardado da temporada. A BGS também será o palco de um torneio ranqueado da Capcom Pro Tour, a liga internacional de torneios de Street Fighter, e os fãs ainda terão uma palhinha do recém-anunciado Omega Mode de Ultra Street Fighter IV, apresentado pelo diretor de sistema de batalha Peter Rosas, convidado internacional.

HYPERX – A HyperX, divisão da Kingston, levará à Brasil Game Show tudo aquilo que um gamer pode querer: os componentes mais poderosos do mercado, periféricos inéditos, duas das maiores equipes de e-sports do Brasil e workshops de overclock em que serão ensinadas formas de alcançar o melhor desempenho de computadores. Em um estande de 240m², público terá à disposição 12 máquinas equipadas com SSDs, memórias RAM, headsets e mousepads, todos da HyperX, e ainda poderá participar de campeonatos de cosplay, desafiar cyber atletas profissionais, ganhar brindes e comprar produtos com preços especiais.

MUSEU DO VIDEOGAME – Outro grande destaque será o espaço Evolução do Videogame. Marcelo Tavares, diretor e idealizador do evento é um dos maiores colecionadores de games do Brasil, com mais de 350 consoles e mais de três mil jogos e acessórios. Ele vai disponibilizar mais de 120 consoles para que os visitantes possam ver de perto os aparelhos de cada uma das oito gerações do videogame e inclusive experimentar alguns jogos. Uma Área de Arcades, com dezenas de máquinas de Fliperama estará à disposição dos visitantes.

ÁREA INDIE – Com o intuito de fortalecer ainda mais o desenvolvimento do setor no país, a BGS terá uma área exclusiva para desenvolvedores independentes apresentarem games desenvolvidos no Brasil. Empresas como Aritana e a Pena da Harpia, Garage227, Devolver Digital, TheGameWall, Gameblox, Swordtales, Fira Soft, Digiten, Reload e Gilp são algumas já confirmadas. Os desenvolvedores poderão agendar reuniões com outras empresas, com a oportunidade de apresentar seus trabalhos.

COSPLAYERS – Cosplay é a caracterização feita por fãs, com fantasias e acessórios de seus personagens favoritos. Um dos estandes irá oferecer estrutura com camarim, vestiário e guarda-volumes para os cosplayers se produzirem e guardarem seus pertences durante a feira. Além disso, um corpo de jurados vai eleger as melhores caracterizações diariamente, com prêmios.

FUTEBOL – Paixão nacional, os jogos de Futebol mais famosos no mundo dos games estarão disponíveis na Feira. Com a reta final do Brasileirão, a paixão dos jogadores toma conta dos gramados virtuais em partidas com os times e jogadores mais populares do País. Osvisitantes poderão jogar FIFA 15 e PES 2015 (Pro Evolution Soccer) – sendo que esse último será apresentado no evento antes mesmo de seu lançamento mundial.

COMPRAS – A BGS 2014 contará com algumas das principais varejistas do mercado. Com centenas de produtos disponíveis, lojas como Saraiva e Lojas Americanas vão oferecer promoções e preços especiais para os visitantes. Além disso, a BGS também terá uma loja com produtos oficiais, incluindo camisas, mousepads, canecas e muito mais.

DIA DAS CRIANÇAS – A BGS será encerrada no dia 12 de Outubro, dia em que comemoramos o Dia das Crianças. Temos vários personagens que pediram para visitar a feira como presente para a data. Famílias inteiras estarão juntas visitando o Evento e muitos filhos pediram aos seus pais a visita à Feira como presente. Outros aguardam o Evento para, junto de seus pais, comprarem aquele jogo ou acessório que será lançado no Brasil durante a BGS.

DOAÇÃO DE ALIMENTOS – Anualmente, a BGS doa todos os alimentos arrecadados na Feira para alguma Instituição beneficente. Em 2013, cerca de 50 toneladas foram arrecadadas (todos os visitantes que doarem um quilo de alimento na entrada do evento garantem meia-entrada no ingresso). Para este ano, a expectativa é que mais de 70 toneladas sejam recolhidas e revertidas em doação para a Instituição Casa deDavid (www.casadedavid.org.br).

A Casa de David realiza um trabalho de extrema humanidade, dedicando seus melhores esforços a seres humanos que necessitam de apoio permanente. Possui departamento médico com atendimento 365 dias por ano, 24 horas por dia, com enfermagem, odontologia, psicologia, fisioterapia, ludoterapia, entre outros tratamentos. O abrigo cuida de pessoas com deficiência mental e autistas, e atualmente, o abrigo atende mais de 300 pessoas e tem projetos que envolvem games nos seus tratamentos. Além disso haverá uma visitação de crianças e adolescentes da Instituição ao evento.

 

Brasil Game Show
Data: 08 a 12 de Outubro
Local: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – SP
Horários: 08 de Outubro (exclusivo para Imprensa e Business) – 13h às 21h 09 a 12 de Outubro (público geral) – 13h às 21h Informações: www.brasilgameshow.com.br

Mais barato, Brasil Game Show tem ingressos a partir de R$ 39

Está dada a largada para venda de ingressos para a 7ª edição da Brasil Game Show (BGS), que neste ano acontecerá nos dias 09, 10, 11 e 12 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo. A primeira semana de vendas será para visitantes da edição de 2013, cadastrados em sistema. Os ingressos individuais para cada dia de evento custará R$39 a meia-entrada. Quem quiser o Passaporte, que dá direito a todos os dias da BGS abertos ao público, podem adquirir o pacote por R$117 a meia-entrada, valor promocional até o dia 18, no site do evento

O publico poderá comprar a partir de 19 de março. Os ingressos podem ser adquiridos através de Boleto Bancário ou Cartões Visa e Master.

Meia-entrada

O benefício da meia-entrada será concedido a todos os visitantes que doarem 1kg de alimento não perecível na entrada da feira. Estudantes, professores e idosos com idade a partir de 60 anos, mediante apresentação de comprovação da condição também terão direito ao benefício da meia-entrada.

Todas estas informações e as novidades para a BGS 2014 estão disponíveis no novo site do Evento, que já está no ar em www.brasilgameshow.com.br .

LevelGamer #05 – Uma Moska na BGS 2013

Essa é aventura do Eduardo Moska na Brasil Game Show 2013!
BGS é o maior evento gamer da américa latina e aconteceu de 25 a 29 de outubro de 2013 em São Paulo!
Foi fantástico!
Comentem!

GameNews #14 – Brasil Game Show 2013

Confira o GameNews Especial sobre a Brasil Game Show 2013.

Um Goiano na BGS

Olá pessoas, a quantas anda o mês de outubro? Apesar da demora nas postagens devido férias trabalhistas, uso este espaço para contar pitacos da minha viagem para São Paulo, mais precisamente para a Brasil Game Show.

Para começar, fui de quinta para sexta (onibus é algo punk), e sexta fui recebido pelo chefe mor dessa “buçanha”, o Cido Coelho. Nunca vi um chefe tão peça rara assim na vida, hahahahaha. Sexta era o dia da imprensa, e como ambos ganhamos credenciais, não custava olhar de antemão. Como era de se esperar, não havia fila do lado de fora, e do lado de dentro o movimento estava normal, com 2 ou 3 pessoas em média nas pequenas filas que se aglomeravam nos jogos. Inclusive tinham inúmeros jogos sem ninguém para jogar, as vezes por falta de gente mesmo, ou pelo jogo exposto ser desinteressante. Porem sempre haviam pessoas no estande da Sony e do Xbox, seja para jogar os lançamentos vindouros como o Killer Instinct, Knack, Killzone e outros, quanto para ver a cara dos novos consoles também.

DSC03736
Certeza que o vidro era indesdrutivel…

Algo que o próprio Cido comentou foi que o evento foi dividido em dois espaços, e até por isso notei que estava desigual a divisão de pessoas. Muitos estavam apenas na primeira parte do evento, onde estandes de empresas de renome, como Warner, Ubisoft e Blizzard estavam concentradas. Parte disso foi amenizado no segundo dia de BGS, que era o dia aberto para o publico. E então pude ver filas imensas de jogatina serem feitas, e um Wesley se arrependendo de não ter jogado certas coisas enquanto não havia fila alguma.

DSC03732
Dia de imprensa
Dia do "povão"
Dia do “povão”

 

O dia aberto ao pessoal foi de longe com mais variantes de atrações, sendo elas das pessoas que estavam entrando com cosplays aqui e acolá, seja de torneios dispostos no espaço, como um torneio de League of Legends que aglomerou um monte de pessoas. E algo que eu sempre sonhava em ver e que consegui foi o show da banda Megadriver. Peguei metade do show e não me arrependi.

Essa guitarra Sonic de perto é mais maneira ainda.
Essa guitarra Sonic de perto é mais maneira ainda.

Algo que eu senti falta foi a ausência de coisas a venda nos estandes, por exemplo a Blizzard vender itens deles e por aí vai. Até tinham lojas vendendo seus artigos, mas são coisas fáceis de se achar fora do evento. Talvez eu estava esperando algo que não seja fácil de acontecer, hahahahaha. Infelizmente fiquei apenas dois dias, porem além de ter prestigiado o evento, pude conhecer a galera do Super Controle, Fenix Down, Jogabilidade, e outras pessoas igualmente formidáveis, hahahaha.

Fiquem com outras fotos tiradas por mim no evento:

P/S: Agradecido ao pessoal da Sony por ter cedido a mim e ao Cido 1 mês de PSN+.

 

Brasil Game Show terá o dobro do tamanho em 2013

GAMES Após o sucesso da edição de 2012, em que se destacou como uma das principais feiras do mundo no segmento de Jogos Eletrônicos, a sexta edição do Brasil Game Show (BGS) terá o dobro do espaço e ocupará os Pavilhões Branco e Azul do Expo Center Norte. Além disso, contará com a participação dos principais nomes do mercado de games.

A BGS 2013 espera receber cerca de 150 mil visitantes em 4 dias abertos ao público (26, 27, 28 e 29 de outubro), e um dia totalmente exclusivo para a Imprensa e Business (25 de outubro). Além disso, o Evento contará também com um dia voltado para Coletivas de Imprensa (24 de outubro).

Outra novidade será a ampliação da área de alimentação, sete vezes maior que a do ano anterior, totalizando cerca de 3.000m2, divididos em duas praças, o que garantirá aos frequentadores do Evento maior conforto e variedade. Mais uma melhoria anunciada para o próximo ano é o aumento da largura de todas as ruas internas da Feira. Os acessos também serão duplicados, com a entrada pelo Pavilhão Branco e todo o fluxo de saída pelo Pavilhão Azul. Todas estas novidades já podem ser conferidas na nova Planta Oficial do Evento através do link http://www.brasilgameshow.com.br/local/mapa-do-evento . Ou logo abaixo:

A BGS 2013 contará com um número ainda maior de patrocinadores, que estarão distribuídos em grandes estandes, onde serão apresentadas novidades e tendências do mercado de games. A Área Business também mudou e na próxima edição será localizada em um espaço exclusivo no Mezanino, com vista panorâmica da feira.

O Diretor da BGS, Marcelo Tavares, destaca o empenho para a realização da próxima edição: “O ano de 2013 promete ser especial para a indústria de games. Por isso, a equipe da Brasil Game Show está trabalhando de maneira intensa, para realizar um evento igualmente especial.”

Os ingressos para a BGS 2013 serão vendidos somente de forma antecipada. A venda será iniciada 5 meses antes do Evento e a organização reforça a informação de que, para facilitar e agilizar a entrada de todos os visitantes, não haverá Bilheteria no local,. Acompanhe todas as novidades do Evento em facebook.com/BrasilGameShow .

BGS 2012: 100 mil pessoas e R$ 50 milhões em negócios

BGS 2012 A quinta edição da Brasil Game Show, que aconteceu no Expo Center Norte, entre os dias 11 e 14 de outubro, em São Paulo bateu recorde de público. A feira recebeu nos quatro dias 100 mil pessoas e contou com o envolvimento de quase 150 empresas, publishers e fabricantes de consoles.

Segundo a assessoria de imprensa do evento, a BGS 2012 apresentou mais de 20 títulos em pré-lançamento como God of War: Ascension, Call of Duty: Black Ops II, Halo 4, DMC Devil May Cry, Book of Spells, Lost Planet 3, Metal Gear Rising, Hitman Absolution, Assassin’s Creed 3, Order of Magic, Skylanders Giants, Bond: 007 Legends, Far Cry 3 e The Avengers: Battle for Earth.

Além disso, produtores de grandes franquias estiveram primeira vez no país, como Katsuhiro Harada (Tekken), Philippe Ducharme (Assassin’s Creed 3) e Kiki Wolfkill (Halo 4).

Torneio de LoL (League of Legends) deu prêmios que superaram os R$ 100 mil. (Foto: Cido Coelho/NoReset)

Dez torneios foram realizadas como o Campeonato Brasileiro de League of Legends (LoL), o torneio comemorativo de 25 anos da série Street Fighter e o AMD Brasil Game Jam, onde o desenvolvedor tinha que produzir um jogo durante os quatro dias da feira.

A feira movimentou cerca de R$ 50 milhões em negócios e promoveu mais de mil reuniões de business através de seu sistema de negociação, que deve ser mantido na edição 2013. Esta foi uma das principais novidades da edição 2012 e que será mantida para o próximo ano. As 40 toneladas de alimentos não-perecíveis que foram arrecadados durante a BGS, serão encaminhados a Casa Hope, instituição que ajuda crianças e adolescentes no tratamento contra o câncer.

 VEJA O RESUMO DA BGS 2012:

  • VISITANTES
  • DESTAQUES
  • NEGÓCIOS
  • PÚBLICO TOTAL
  • 11 de Outubro (Quinta-feira)Jornalistas, Convidados e Profissionais – 9.212 Visitantes
  • 12 de Outubro (Sexta-feira) Aberto para o público – 30.240 Visitantes
  • 13 de Outubro (Sábado) Aberto para o público – 31.127 Visitantes
  • 14 de Outubro (Domingo)Aberto para o público – 29.980 Visitantes
  • God of War: Ascension
  • Call of Duty: Black Ops II
  • Halo 4
  • DMC Devil May Cry
  • Book of Spells
  • Lost Planet 3
  • Metal Gear Rising
  • Hitman Absolution
  • Assassin’s Creed 3
  • Order of Magic
  • Skylanders Giants
  • Bond: 007 Legends
  • Far Cry 3
  • The Avengers: Battle for Earth
  • R$ 50 milhões movimentados
  • Cerca de 150 empresas na BGS
  • 100.559 Visitantes

    VEJA 100 IMAGENS DA BRASIL GAME SHOW 2012:

    [fgallery id=5 w=635 h=485 t=0 title=”Brasil Game Show 2012″]