Capa >> Arquivos de Tag: Busou Renkin

Arquivos de Tag: Busou Renkin

1

Crossover FAIL+ – Desfecho

Olá pessoas. E antes que pensem que eu parei de desenhar a série do Ash Marombado, eu digo: NÃO!

Explicando melhor, antes de participar do Brazil Mangá Awards, o qual não ganhei mas foi uma baita evolução no meu traço, já tinha começado a desenhar o desfecho da aventura da trupe do Ash Marombado na cidade do deserto. Contudo, eu parei no meio e só terminei a bendita depois do concurso. Vocês irão notar que no meio do capitulo o traço dá uma leve mudança, logo não se assustem com isso.

 

 

Antes que falem algo, sim, se eu inclui o Edward Elric e a Tokiko na história, botar o Alphonse Elric e o Kazuki não seria grande novidade. Até pensei em outros, mas ai viraria bagunça. Aproveito o espaço para dizer que além de já ter outro capitulo todo desenhado, esperando apenas edição, logo mais postarei uma história que eu publicava em outro site, mas devido à divergências, não pude continuar publicando por lá.

Aguardem novidades, seres. E fica a pergunta no ar: como o Alphonse conseguiu achar um gato comum no universo Pokemon?! TAM TAM TAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAM!!!

Crossover FAIL+ – o Diário

Olá pessoas. Estão se acostumando com a falta de dias de folga, graças ao fim de férias? Não? Eu bem que suspeitei.

Demorou um pouco, mas consegui publicar a Crossover FAIL+ no começo do mês, como usual. E um negócio que aprendi lendo o mangá Bakuman é que vez ou outra é bom um episódio mais leve, para que os leitores venham a dar uma respirada com os fatos que ocorreram. E como o ultimo capítulo foi meio que grande e chocante, resolvi aplicar isso. Como irão ler abaixo, é um capitulo leve, e também serve para transição de outro pequeno arco.

Chorem, fãs de alquimia. Ainda não estava totalmente habituado a desenhar a Tokiko (Busou Renkin) e o Edward Elric (Fullmetal Alchemist), até mesmo agora no momento que posto ainda não estou 100% desenhando eles. Mas está saindo bem satisfatório. Não irão se arrepender no próximo capítulo.

P/S: A capa é uma homenagem a Jotaro Kujo, do mangá Jojo’s Bizzare Adventure, e a frase “mas que saco…” é referência a uma das frases mais marcantes dele (que no original é “yare yare daze…”)